Buscar

Você sabia que rosto esconde segredos profundos sobre nossa identidade visual, pessoal e até extrafísica? Sim, os arquétipos, como fontes primordiais de informação, são o que causam as sensações que o cérebro capta e ressignifica quando um rosto fotografa outro. Sabemos que a parte mais notável e que damos mais atenção em nosso corpo é o rosto. E isso sempre foi assim desde os tempos remotos. Há registros documentados através de experimentos neurocientíficos que mostram que a parte mais importante e que é formada antes de qualquer outra no início da formação de um ser humano, ainda no incio das formação das células é o rosto. O arquétipo como descreve Jung, em — Obras Completas, uma Ding an such (Kant: "uma coisa em si mesma") e, portanto situa-se além do alcance da percepção humana. Só podemos percebê-lo indiretamente observando suas manifestações. Agora, a pergunta é: o que existe de relação entre os arquétipos que Jung trata e o campo da Beleza, especificamente com formatos de rostos? Bom, isso requer, sem dúvida uma pesquisa e estudos mais aprofundados de quem tiver interesse no assunto, já que o tema é amplo e abrangente e aqui nos cabe sermos mais diretos e pautados; entretanto, trago algumas observações sobre isso. Nosso rosto possui linhas que criam as formas geométricas, as quais definem os formatos dos rostos. Estas linhas nas suas diferentes direções são fatores de abertura para sansações em diferentes graus, assim que olhamos o rosto. O que acontece é que o arquétipo, ou — formas arquetípicas por trás das linhas trazem o sentimento embutido nessas formas. Exemplo: um rosto triangular pode causar impacto, ou medo, dependendo de como está a direção das linhas. Já um rosto quadrado pode causar a sensação de segurança, poder. Então, veja que quando mudamos um corte ou a cor dos cabelos e ao olhar no espelho não nos encontramos, precisamos pensar sobre o arquétipo que está sob esse formato de rosto para buscar um estilo visual que se harmonize com ele, deixando a Imagem suave e agradável ao campo de visão humano, sem apenas se preocupar com a mera questão de feio ou bonito. No tempo em que pesquiso, estudo e experiencio em minhas consultorias de visagismo por já 14 anos, tenho claro que, quanto mais cedo às pessoas que vão aos centros estéticos, sejam no cabeleireiro, no dentista ou cirurgião plástico, tomarem conhecimento das variáveis por trás das técnicas que se usa para os procedimentos estéticos e que efeitos isso tem no campo emcional, mais cedo teremos uma sociedade mais equilibrada e menos depressiva, já que o problema com beleza e estética assola o mundo inteiro. Cada vez mais vemos pessoas fazendo mudanças estéticas e muitas vezes rígidas, sem critério algum de como isso pode afetar negativamente sua identidade visual, pessoal, profissional e principalmente: sua conexão com seu próprio senso de ser como indivíduo que nasceu livre, embora caminhe presos pelas personas da sociedade.

Sem entender seu rosto, seu estilo, sua identidade pessoal e o que isso está transmitindo para você e para o mundo ao seu redor, embora faça o melhor corte de cabelo, que pode ser visto socialmente falando, como 'bonito' ainda assim, haverá descontentamento dentro de si.

Já por outro lado, se você entender o funcionamento dos arquétipos em seu rosto e entender o que sua Imagem, sabendo portanto o que pretende transmitir coma nova mudança, então com certeza, sua mudança visual seja no cabelo ou no corpo o afetará de forma positiva e consequentemente lhe fará ver a si e o mundo de forma mais bela e poderosa.

#Visagismo #coach #cabeleireiros #arte #jung #psique #artista #sucesso #beleza

10 visualizaçõesEscreva um comentário

Quanto custa o sentimento de gratidão? Você já pensou nesta questão? Quanto custa se sentir bem seja onde for na vida... Existe o preço e o valor das coisas, certo? Será que vemos mais o primeiro ou segundo quando nos referimos a adquirir algum procedimento, no caso, estético? Desde muito tempo, os gregos como exemplo, já sabiam que a arte do embelezamento era algo de estimado valor. No Egito isso também não era diferente. Quem foi Cleópatra para o que temos hoje em arte para embelezamento? Qual a importância que era dada a Beleza, enquanto um ato de conexão com algo Divino, algo que evoca sentimentos mais nobres, mais verticais... Perceba você que ao ir ao cabeleireiro hoje em dia, é algo que no passado só era possível para os nobres. A classe baixa não tinha acesso a isso. O que hoje se torna privilégio para todos que podem ir ao estilista do cabelo. Já se perguntou porque o ritual de atender atrás da cadeira? Há muito já se sabia do poder que há por trás das linhas, das formas e das cores num corte ou num penteado. Até hoje na dramaturgia é usado esse conhecimento. Se a cena pede um sentimento de ação da personagem, certamente o cabelo, podia ser feito em linhas inclinadas para frente — posição de ataque.

Ou em ondas para expressar algo como paz, sensualidade, romantismo, feminilidade.

Mas sempre se soube que podia se valer do das formas de cada estilo fosse de cabelo, roupas, ou o que fosse, para ajudar a expressar o desejo do diretor com o tal conto, através de do personagem.

Então, hoje em dia por que será que muitos não detém desse conhecimento quando buscam o cabeleireiro? Já que no geral, se vai no salão apenas para meramente cortar o cabelo com invente ideia de que quer apenas ficar bonito (a), ou mais jovem; sem se darem conta de que qualquer mudança feita na forma física afetará inevitavelmente suas emoções e isso pode acontecer por um simples cor de cabelo, ou mesmo pela mudança de coloração. O que você acha que a publicidade e o marketing usam para influenciar as mentes para despertar o desejo de consumo? Claro que usam as linhas, as formas e as cores. Tudo que existe de modo geral desde o mundo macro, ao micro.

Também você deva saber de uma vez por todas algo que grandes nomes no mundo já sabe, que tudo está impregnado de informação. Só assim é possível mudar algo. Uma fórmula que seja. Nada neste Planeta existe sem que possua informação em sua imagem prima.

Tudo o que existe em termos de ciência, tecnologia, pessoas, coisas, objetos etc. Tudo está repleto de informação. Num rosto também estão todas as informações de um estilo, basta que se leia o que está ali.

Então, se você entender porque que um bom corte de cabelo pode lhe ajudar a passar uma Imagem , por exemplo de poder, Veja portanto que já avançou e muito aqui...

Achar que o Campo da estética e da beleza é algo simples e sem significado algum é tão irracional quanto a própria incapacidade que tem de pensar um animal.

Voltando na questão de preço e valor é ótimo que agora já possamos saber o que queremos quando buscamos qualidade neste serviço. Preço necessariamente não precisa ter qualidade, mas qualidade precisa de fato ter preço, já que envolve um grau maior de estudos, dedicação, conhecimento etc.

Além do mais, acessar um alto nível de atendimento nos coloca em contato com outra energia em termos de vibração. Pegue uma alfaitaria de alta costura e compare com uma peça de baixa qualidade e veja a diferença em cada detalhe. Lembrando sempre que a forma está função e a

função está na forma.

Agora, depois de ponderarmos tudo isso, perceba que não existe preço que custei a nossa plenitude quando estamos felizes com um feito seja no rosto, no corpo ou na vida em que área seja. Então, entendemos até aqui que se queremos satisfação, realização pessoal temos de pensar em autoconhecimento, busca por nossa própria identidade através da beleza e da estética. E definitivamente abandonar a idéia de que um corte de cabelo é algo sem importância, que qualquer um pode fazer, ou mesmo que não querem grandes conhecimentos para ser feito.

Para entender mais sobre o assunto e expandir a sua mente sobre esse e outros pontos que com certeza farão diferença em sua vida de modo geral, nos acompanhe nas mídias sociais, se inscreva neste blog para seguir recebendo as matérias na íntegra.

Em resumo, quero com isso, que você perceba que cortar cabelo, mudar esteticamente a imagem é algo muito mais do que aprendemos e concebemos que é. Tudo no nosso rosto e corpo é simbólico, significativo, consciente. Tudo possui sentido, está emanando o tempo todo informação. Então, não saber o que significa o Corte que escolheu, a cor desejada, o sentido das formas, dos desenhos das roupas e modelagens, não levar em conta a linguagem não verbal presente em quase 100% do que fazemos diariamente é algo um tanto descrescente em termos de grau de humanidade e conhecimento. O cabeleireiro que já entendeu as variáveis por trás da arte do cabelo, já vive sua profissão em plenitude. Ele sabe que nunca fez coisa alguma sozinho, exceto se deixou que algo vertical o fizesse. Isso é a lei aqui... O resto não passa de plumas e paetês... #Visagismo #conhecimento #sucesso #negociosinformados #cabeleireiros #studioflima

12 visualizaçõesEscreva um comentário

A questão toda é: quem somos, o que nos incomoda na imagem pessoal, o que nos faz fazer as escolhas que fazemos seja para comprar roupas ou ir ao cabeleireiro mudar o visual... Qual a nossa visão de mundo sobre beleza, estética, também sobre o que é belo? Vejam que existem perguntas que merecem respostas para que se consiga plenitude seja com corte de cabelo ou uma cirurgia plástica. As pessoas precisam urgentemente conhecer seus corpos, sua estética visual, precisam ainda saber que beleza vem de dentro. O que fazemos todos os dias no cabeleireiro com tantas mudanças sem critério, não podemos chamar isso de Beleza. Há um senso de verdade, de leveza, coragem, força, poder, paz, harmonia, amor, ligado ao campo da beleza. Mas será que sabemos disso como cabeleireiros? Será que vocês clientes o sabem também? Quem vir esse post e já passou por uma consultoria minha, descreva aqui sua experiência, fale o que acontece na nossa consultoria de Visagismo. Está na hora de levarmos esse saber ao mundo. Comentem sobre o que sentiram, se foi só um corte de cabelo ou foi algo mais profundo. Eu estou há 14 anos nessa profissão, e parte desse tempo foi dedicado as estudos de várias áreas do conhecimento afim de saber como funciona a mente humana. Com isso desenvolvi um método de atendimento inovador, graças ao conceito de Visagismo Phillip Hallawell. Por isso, eu posso afirmar com total segurança que podemos, com esde novo método de atendimento desenvolvido por mim mesmo ajudar qualquer pessoa que realmente esteja disposta a uma mudança visual, a criar uma imagem autêntica sobre si, sem envolver as fantasias e máscaras do famoso bonito para o meio social apenas. E para fazer um atendimento comigo, se deve ler algo sobre meu trabalho e entrar em contato com a minha filosofia de trabalho. Afinal, o meu trabalho envolve algo que evoca um saber maior, algo que transcende todo entendimento. Acessem o site www.studioflima.com e saibam mais. Lima, Márcio, para o acervo - Beleza e Consciência

#autoimagem #cabeleireiro #hair #cortecomvisagismo #Visagismo #moda #studioflima #program #atriz #arte #produção

5 visualizaçõesEscreva um comentário