Buscar

 

No México, a morte tem significado único. Em vez de lamentada, é festejada uma vez ao ano — de 31 de outubro a 2 de novembro (Dia de Finados no Brasil). E, durante a festa, considerada pela Unesco como patrimônio da humanidade, é tradição reunir família e amigos para comemorar a visita dos antepassados à Terra. Se, no Brasil, a data é sinônimo de cemitérios lotados e melancolia, no México a animação toma conta, pois se acredita que os mortos devem ser recebidos com alegria e coisas de que gostavam enquanto vivos. A famosa caveira mexicana (La Catrina), altares coloridos, fantasias, comidas e bebidas típicas mudam a cara de várias cidades do país. A atmosfera é fúnebre, mas promete estimular até os mais desanimados.

Venha conosco no roteiro do nosso parceiro “México Fantástico en La Fiesta de Los Muertos” em tours especiais. www.rotadaseda.tur.br

1 visualizaçãoEscreva um comentário

 

 

 

A culinária libanesa é uma das mais famosas e populares do mundo, é um conjunto de pratos e costumes culinários. Esta cozinha é extraordinariamente diversa, isso se deve a influência dos povos do mediterrâneo e europeus, possui especialidades próprias e adaptadas dos diferentes países ao seu redor. Com alimentos frescos e saborosos, os libaneses adaptaram o melhor da cozinha turca e da árabe, adereçando - lhe com um ar francês.

A culinária libanesa representa os hábitos, costumes e influências do povo libanês em todo o seu contexto histórico e cultural, um povo que passou por 11 civilizações dominantes em toda a sua história e é repleta de aromas, temperos, especiarias e ervas, frutas, verduras e legumes frescos, conservas, azeite, trigo, lentilhas, açafrão, canela, gergelim, pimenta, cravo, noz-moscada, cominho, páprica, coentro, cebolinha, salsa e hortelã.

O preparo e conservação de alimentos perecíveis em água e especiarias, azeite ou vinagre é uma prática antiga, usada para estocar os suprimentos de alimentos durante o inverno. E toda essa gama e diversidade de especiarias, ingredientes frescos e singulares, além de algumas especialidades próprias, em sua maioria, foram readaptadas de pratos de outros países, tornando a culinária libanesa uma das favoritas na gastronomia do mundo.

A cozinha libanesa é variada e deliciosa, e não é cara.

Os prato mais típicos são o Kebab, tabouli e kibe.

Dentre as bebidas os sucos de fruta e limonadas são populares entre as bebidas não alcóolicas.

Chá e café são bastante consumidos.

Comer bem, com variedade e em abundância, bem como servir os convidados, é uma expressão de generosidade

e de boas vindas em todo o mundo árabe, e no Líbano isso não é diferente. O anfitrião libanês sente prazer em agradar e homenagear seu convidado, e de demonstrar o afeto e alegria por tê-lo em sua mesa através dos verdadeiros banquetes oferecidos por hábito. A retribuição do convidado, por sua vez, consiste em fartar-se além do normal como manifestação de satisfação e alegria pela generosa hospitalidade.

 

Quer conhecer o Líbano e seus pratos deliciosos e saudáveis?

Acesse o site do nosso parceiro Rota da Seda Viagens e turismo e conheça o tour para o Líbano com saída em outubro de 2019.

www.rotadaseda.tur.br

 

#apaixonadosporviagens #culinárilibanesa #líbano #rotadaseda

4 visualizaçõesEscreva um comentário

 

 

Sidi Bou Said, fica na costa nordeste da Tunísia, apenas 20 Km da capital Tunes, com vista sobre o mar Golfo de Tunes. O que nos cativa em Sidi Bou Said não é só essa vista… é tudo! Esta pequena e pitoresca vila dá para ser visitada em algumas horas, passeando pelas ruas de portas e janelas azuis e paredes brancas. Suba ao ponto mais alto para aproveitar a vista para o mar e desfrute o magnífico pôr do sol, viva intensamente este ambiente relaxante de Sidi Bou Said. As casas mostram uma arquitetura árabe e andaluza, com janelas de madeira azul, as portas, decoradas de formas geométricas, são a marca do lugar e fazem com que os visitantes se encantem por Sidi Bou Said. Sidi Bou Said era um santo sufista do século XIII que se fixou numa pequena povoação com vista sobre o golfo de Tunes depois de voltar de uma peregrinação a Meca. O santo era tão venerado pelos locais que a povoação adoptou o seu nome. Era assim que nascia Sidi Bou Said

Aproveite para conhecer a tunísia! A Rota da Seda Viagens e Turismo tem um tour especial com saída em setembro! acesse o site e confira: https://www.rotadaseda.tur.br/pegadas-berberies

#pegadasberberes #tunísia #rotadasedaviagenseturismo #sidibousaid

6 visualizaçõesEscreva um comentário