Relacionamento de Energia 1

 

Neste relacionamento é essencial haver metas em comum e objetivos partilhados. Voltado para a ação, representa uma dupla dinâmica, capaz de grandes realizações e que se destaca quando estão juntos. No entanto, se não canalizarem exteriormente para fins práticos esta energia tão forte, é um casal propenso para discussões acesas e explosões de cólera. A intimidade é, por vezes, problemática, pois nem sempre se encontram, tendo dificuldade em estar verdadeiramente próximos. É frequente, com este tipo de energia, que quando um se aproxima o outro se afaste, o que gera alguma dificuldade de entendimento. Podem ser incompreendidos pelos que os rodeiam, parecendo que estão em guerra constante um com o outro, mas a verdade é que representam algo completamente novo e diferente na vida um do outro, sendo um relacionamento verdadeiramente marcante. Se houver um esforço mútuo de entendimento podem crescer muito com este relacionamento, mas é necessário haver um esforço consciente para vencer as diferenças.

Relacionamento de Energia 2

Esta relação é poderosamente afetiva e emocionalmente intensa. Parecem viver um para o outro, pedindo constantes provas de demonstração de afeto. Embora haja entre vós uma grande capacidade de compreensão e a vontade de se ajudarem mutuamente, este relacionamento também traz o risco da dependência, em que um dos membros do casal se apoia demasiado no outro, tornando-se dependente, enquanto o outro assume o papel de responsabilidade pela relação, o que gera desigualdades. Havendo um equilíbrio, este relacionamento tem a capacidade de curar um coração que foi magoado no passado, voltando a abri-lo para o amor. Com um poderoso instinto protetor, é uma boa conjugação para construir uma família e criar filhos. Existe, aqui, um forte potencial para construírem algo juntos. Favorece o romantismo, a partilha, o estado de graça que cria um verdadeiro amor de conto de fadas.

Relacionamento de Energia 3

Neste relacionamento encontram-se, geralmente, dois espíritos livres, que precisam de atividade constante e que vibram com a vida ao ar livre. Gostam de ação, de praticar desporto juntos e de se envolverem em atividades sociais, mas por vezes a necessidade de liberdade que ambos têm gera conflitos no relacionamento, até porque nem sempre estão de acordo em relação ao que fazer nos tempos livres e nas decisões conjuntas que é preciso tomar. Têm facilidade em divertir-se um ao outro e em divertir os que estão à sua volta, gerando uma aura positiva à sua volta. Trata-se de um relacionamento saudável, quase terapêutico. Favorece a sexualidade, sendo um bom número de compatibilidade quando se trata de um caso de amor. No entanto, não é tão favorável ao compromisso duradouro, podendo haver diferenças de ritmo e de vontade entre os dois a este nível.

Relacionamento de Energia 4

Este é um relacionamento estável, voltado para a construção de algo sólido e duradouro. Têm, ambos, os pés bem assentes no chão, procurando que o relacionamento lhes permita assentar bases sólidas. Apesar de estar muito focado no compromisso e de se caracterizar pela persistência – mesmo quando as duas pessoas têm um temperamento mais instável, parecem sentir-se estranhamente motivadas a investir na relação – poderá haver inúmeras provas a ser superadas. Isto acontece, em boa parte, porque há aqui a tendência a sobrevalorizar questões que são triviais, fazendo de qualquer desafio um grande problema. É provável que criem rotinas e hábitos que deem estabilidade e estrutura à relação, tais como irem todas as semanas ao mesmo café ou darem sempre um passeio ao final do dia. Este casal precisa de ordem, e vai procurá-la constantemente.

Relacionamento de Energia 5

Este relacionamento é espontâneo, divertido, fora do convencional e verdadeiramente surpreendente. Nada permanece durante muito tempo como é, por isso é o relacionamento ideal para quem gosta de surpresas constantes e detesta a monotonia. Os encontros tendem a ser imprevistos, intensos, mas rápidos. Este é o casal em que um aparece de surpresa em casa do outro, mas pode haver aqui dificuldade em irem morar juntos, pois como tudo se passa a um ritmo tão rápido não se encontram facilmente. A espontaneidade é vital para o futuro da relação, não reagem bem à rotina e, se ela se instala, existe a propensão para haver discussões, conflitos e separações. A liberdade de expressão é essencial para que encontrem o equilíbrio certo entre ambos, partilhando juntos as mais inolvidáveis experiências.

Relacionamento de Energia 6

Apesar de este relacionamento ser fortemente romântico, ele corre o risco de cair num idílio que perde o contacto com a realidade. Como ambos são muito sensíveis e se apegam a pessoas carinhosas e românticas podem exagerar na idealização que fazem um do outro, perdendo o contacto com a realidade. Retirando verdadeiro prazer da relação, têm tendência para ficarem tão absortos um pelo outro que se abstraem de tudo o resto. Em termos práticos esta relação carece de objetividade, o que faz com que haja aqui desafios a superar, nomeadamente sempre que é necessário tomar decisões importantes ou assumir responsabilidades na relação. Pode ser um relacionamento transformativo, já que ajuda ambos a estabelecerem um contacto mais próximo com as suas próprias emoções e com a necessidade de cuidar do outro e de si próprio.

Relacionamento de Energia 7

Com este tipo de energia existe aqui um relacionamento poderosamente espiritual, com uma ligação muito forte entre ambos, quer tenham consciência dela quer não. Têm uma forte necessidade de se focarem nos aspetos práticos e reais da relação, pois no fundo sentem-se vulneráveis um ao outro, como se este relacionamento os deixasse expostos, sem defesas. Embora esta abertura favoreça a intimidade, podem acabar por se esconder um do outro, mascarando aquilo que verdadeiramente sentem um pelo outro atrás de questões práticas que apenas servem para disfarçar esse sentimento de vulnerabilidade. Existe aqui uma ambivalência contraditória: se por um lado procuram afastar-se um do outro, como forma de proteção porque sabem que são muito sensíveis um ao outro, por outro lado precisam de estar juntos, pois a atração que os liga é muito forte, e a cumplicidade entre ambos é tão inequívoca como inexprimível, havendo também um forte sentimento de proteção mútua.

Relacionamento de Energia 8

Este relacionamento é poderosamente marcado pelo sentido de responsabilidade, em que cada um incentiva o outro a dar o seu melhor, sabendo também fortalecer-se um ao outro e à própria relação. Contudo, por ter uma energia muito intensa, este relacionamento também propicia as discussões e os confrontos, especialmente porque têm ambos a tendência para querer decidir, mandar e dominar na relação. O choque de egos pode resultar aqui num poderoso magnetismo sexual, havendo uma sedução mútua constante já que ambos retiram grande prazer dos jogos de poder e da conquista. A dificuldade poderá estar, no entanto, na saudável gestão deste equilíbrio de egos porque ambos querem ser o centro das atenções e assumir o comando. As questões práticas ganham também uma relevância particular, especialmente no que diz respeito ao dinheiro e à gestão do mesmo.

Relacionamento de Energia 9

Este relacionamento representa, para ambos, uma importante aprendizagem, um crescimento espiritual partilhado, como se estarem juntos fosse uma espécie de missão especial que foi destinada a ambos. Como há a tendência para terem expectativas muito elevadas em relação um ao outro, um dos maiores desafios consiste precisamente em saberem amar-se como verdadeiramente são e para além dessas expectativas. Pode haver aqui uma notável libertação, nomeadamente a nível sexual. Este relacionamento desperta em ambos a criatividade, a sensibilidade artística e o poder de criação, fazendo com que possam desenvolver juntos os talentos um do outro. A capacidade de adaptação está favorecida, fazendo com que possam ser superadas diferenças e contribuindo para uma maior igualdade. É um relacionamento com boas perspetivas de prosperar no futuro, tornando-se sólido e duradouro.

 

Kabbalah é uma palavra de origem hebraica que significa recepção. É a vertente mística do judaísmo. 

Corpo de sabedoria espiritual mais antigo do mundo, a Kabbalah contém a chave para os segredos do universo, para os mistérios do coração e da alma humana. Seus ensinamentos explicam as complexidades do material e do universo não material, a natureza física e metafísica de toda humanidade. A Kabbalah mostra, em detalhes, como explorar este terreno vasto, a fim de remover cada formulário do caos, da dor e do sofrimento.

Por milhares de anos, as grandes sábios kabbalísticos ensinaram que cada ser humano está carregado com o potencial para a felicidade. Kabbalah é o meio para activar esse potencial.

Histórico:

A Kabbalah não deve apenas ser estudada, mas também praticada. Sua finalidade é trazer a claridade, compreensão e liberdade às nossas vidas.

A origem dessa área do conhecimento humano se perde na noite dos tempos. Há indicações históricas que sábios e alquimistas formaram "Irmandades" para o estudo e prática da Kaballah.

A palavra em si significa: De boca a orelha, ou seja, conhecimento transmitido oralmente. Até a Idade Média, quando um discípulo chegava a conhecer alguns de seus segredos, tinha que jurar não revelar os mistérios para ouvidos profanos, pois esse conhecimento era guardado a sete chaves.

Alguns manuscritos nos dão conta de que ela fazia parte do aprendizado dos sacerdotes egípcios. Seria, portanto, natural, que os judeus, durante seu cativeiro, tivessem bebido de suas fontes. E de fato, se hoje a Kaballah tem um sabor judaico, se deve ao fato de que também eles guardaram zelosamente esse segredo.

Após o advento da imprensa, ficou mais fácil sua disseminação. Poderíamos dizer que a Kabbalah é um corpo de estudos de ciências ocultas, que ensina técnicas de Crescimento Espiritual e Aprimoramento da Consciência.

Veja a continuação do artigo na página seguinte

Porque Estudar Kaballah?

Porque o homem é potencialmente divino, uma vez que ele veio da Fonte Primeira e Única. E, sendo assim, ele é tanto humano quanto divino. Mas se ele só desenvolve seu lado humano, perde a meta principal, que é a volta às suas raízes e torna distante o seu contacto com o Superior.

As religiões têm procurado mostrar essa verdade, mas de modo geral, elas se tornam exclusivistas. Quer dizer, se você não for desta ou daquela religião, não alcançará o Reino dos Céus. A Kabbalah tem um sentido religioso, somente naquilo que diz respeito ao RELIGARE, do Latim: Ligar-se à Fonte. Ela não é propriedade de nenhuma religião específica. Um budista pode ser cabalista, tanto quanto um xintoísta ou um cristão.

O Esquema da Árvore da Vida

Ela é um gráfico com 10 séfiras ou círculos, e mais 1 que é oculto. Cada um desses círculos tem uma correspondência com todos os assuntos com os quais temos que lidar em nossa existência. Sua estrutura é de tal ordem perfeita, que podemos tanto associá-la ao corpo humano, quanto à vida profissional de determinada pessoa, ou ainda a uma sonata ou a um sistema político qualquer que seja ele. Vários textos sagrados têm se referido à ela.

Na Torah e na Bíblia, por exemplo, só para citar textos ocidentais, temos referências da Árvore da Vida e da Árvore do Bem e do Mal. Mas além de referências,algumas Bíblias antigas, datadas de 1.520 e 1.580apresentam esse gráfico, tal qual vemos hoje em textos não sagrados. Isto também pode significar que a filosofia pela qual os cabalistas têm se guiado ao longo de milénios, é tão imutável quanto as leis da natureza.Aliás, é necessário lembrar, que filosoficamente tudo já foi dito.

O que temos de novo é a ciência e tecnologia e a adaptação dos sistemas filosóficos aos tempos modernos. Na verdade, a ciência vem depois, provando tudo o que os mestres ocultistas já tinham como verdade estabelecida.

Veja a continuação do artigo na página seguinte

Robert Anton Wilson escreve em seu livro, "Prometheus Rising", uma frase bem interessante: " Tudo o que o pensador pensa, o provador prova. " Desconhecemos quem foi o autor desse gráfico universalista a que chamamos de Árvore da Vida.

O fato relevante é que, se compreendermos o que ela significa, acabaremos por adoptar uma forma de vida mais saudável, plena e, consequentemente, mais feliz. Na verdade, é a ignorância da virtude e da verdade que nos coloca no estado de infelicidade. A Sabedoria é que nos ensina a viver de maneira plena, ampliando nossos potenciais. E a Árvore da Vida é, sem sombra de dúvidas, um dos melhores instrumentos para nossa total realização.

Séfiras:

O gráfico da Árvore da Vida é formado de 10 esferas ou séfiras, mais uma oculta. Portanto são 11. Em hebraico, séfira também significa número.

O número 11 foi adoptado pelo sistema astronómico Ptolomaico, que já se relacionava Antes de Cristo com 11 planetas (para eles tudo o que tinha movimento no céu eram planetas): Terra, Lua, Sol, Mercúrio, Vénus, Marte, Júpiter, Saturno, Úrano, Neptuno e Plutão. Portanto, desde a Antiguidade, já se sabia de planetas que só seriam descobertos milénios mais tarde. Para a Kabbalah, a séfira é a força mediadora entre o céu e a terra. Entre Deus e o homem.

Entre o Absoluto e o Material. É uma representação gráfica para melhor compreensão intelectual.

 

 

INTERPRETAÇÃO DOS NÚMEROS NA NUMEROLOGIA CABALÍSTICA

Após fazer a soma dos algarismos, você irá encontrar um número de 1 a 9 ou o 11 e o 22, veja o significado de cada um:

1

Quem nasce sob a influência do número 1 é um líder nato, e não um mero seguidor. São pessoas determinadas, ambiciosas, pioneiras. Muito criativos, são pouco convencionais e muito originais, gostam de ter o próprio negócio ou de gerenciar pessoas, não gosta muito de receber críticas e ordens alheias. São pessoas muito honestas e que gostam de levar a vida de forma ativa, detestam a rotina e o marasmo. Precisam tomar cuidado com o egoísmo, egocentrismo e preguiça.

2

São pessoas gentis, sociáveis que adora estar cercado dos amigos e dos familiares. São considerados “bonzinhos”, que ajudam a todos ao seu redor e por isso é preciso tomar cuidado para não virar “capacho”, não deixar que as pessoas se aproveitem da sua atitude de querer sempre ajudar. São pessoas muito requintadas e de bom gosto. São mais calmos e quietos, sua personalidade é tímida, mas essa é uma maneira de se proteger. Preferem ficar em casa na companhia do seu companheiro, dos amigos ou da família do que uma noite badalada. É preciso tomar cuidado com o excesso de timidez, de serventia e da depreciação de si mesmo e das suas capacidades profissionais, mais confiança é essencial.

3

Quem é representado pelo número 3 tem como característica marcante a comunicação. Sabem se expressar bem em palavras (escritas ou faladas), são voltados à intelectualidade e ao otimismo. São pessoas muito criativas, versáveis e alegres. Gostam de coisas boas, refinadas, de aproveitar bem a vida e o seu lucro. Tem extrema facilidade de resolver problemas, boa clarividência faz com que eles sejam excelentes colegas de trabalho. É preciso tomar cuidado com a impaciência (pavio curto), não ligar excessivamente às críticas e deixar de lado o ciúmes e a fofoca.

4

Quem nasce sob a influência do número 4 é, antes de tudo, uma pessoa digna e honesta. Gosta da verdade, da sinceridade, detesta pessoas falsas. São aqueles que assumem suas responsabilidades com muita seriedade e detesta desapontar os outros, por isso se cobram muito para honrar os seus compromissos da melhor maneira possível. Gosta de organização e regras, tanto em casa quanto no trabalho, quanto mais ordenado e organizado melhor. É preciso tomar cuidado com o autoritarismo e para não produzir muitas críticas às pessoas ao seu redor. Pare de querer tudo à sua maneira.

5

Liberdade é a palavra chave para quem nasce sob a influência do número 5. São pessoas que gostam de fazer tudo ao seu tempo, ter liberdade de ir e vir quando quiser, não gosta que nada (nem ninguém) a prenda. Pode ser inclusive intransigente à leis e ordens que não concorda. Não gosta de rotina, por isso se dão melhor em trabalhos como freelancer ou donos do próprio negócio do que como um trabalhador com horário de entrada e de saída fixos. É inquieto, animado e gosta de novidades. É preciso tomar cuidado com os excessos e irresponsabilidade, principalmente em relação ao trabalho, ao álcool, a drogas e ao sexo.

6

São excelentes companheiros, aquelas pessoas que sabem dizer uma palavra certa na hora incerta, com tom harmonioso, pacífico e confortável, por isso seus amigos costumam recorrer a si com muita frequência. É considerado um bom amigo, compreensivo, mediador, que promove a paz e acalma os ânimos. Quando gosta de alguém, costuma ficar cego em relação aos seus defeitos, só vê as qualidades. É preciso tomar cuidado com as energias de insensibilidade, orgulho e intromissão na vida alheia (só ajude quem lhe pede ajuda, não intrometa onde não é chamado).

7

Quem nasce sob a influência do número 7 costuma ser uma pessoa reservada, equilibrada, paciente, misteriosa e intuitiva. Gostam de conhecer, estudar e analisar tudo aquilo que não conhece, qualquer dúvida que surge em sua cabeça, já corre aos livros ou à internet para pesquisar. Aprecia a leitura e o conhecimento geral, é mais focado nos conhecimentos do dia a dia do que em algum saber específico. Tem poucos amigos, pois é muito criterioso na escolha das suas amizades. É preciso ter cuidado com as energias de melancolia, isolamento e preguiça.

8

São pessoas que são obcecadas pelo sucesso e sabe que precisa trabalhar e se esforçar muito para alcançá-lo, portanto não descansa até conseguir. E quando consegue, já traça novas metas e objetivos. Por seu esforço e determinação, costuma trabalhar em grandes corporações, tem orgulho em dizer-se funcionário de uma grande empresa ou ter um cargo de liderança. Ambiciona grandes vitórias materiais. É preciso tomar cuidado com o excesso de ambição, o abuso de poder e as extravagâncias materiais

9

São pessoas confiáveis. Todo mundo ao seu redor confia no seu caráter, na sua honestidade, no seu trabalho. É um ótimo conselheiro, um excelente amigo, uma pessoa compreensiva e tolerante. Você espera muito dos outros, espera que os outros tenham com você a mesma dedicação e compreensão que tem com elas e muitas vezes acaba se decepcionando. Passará por experiências intensas e reveladoras em sua vida. É preciso ter cuidado com energias de indelicadeza, vacilos e até mesmo ser levado a cometer ações antiéticas.

11

O número 11 é um número mestre, que carrega as energias de dois números ao mesmo tempo. Tem a força explosiva e intensa do número 1 e o equilíbrio, calma e sabedoria do número 2 (resultante da soma do 1+1). Tem a ambição pela fortura, poder e um grande ego, ao mesmo tempo que busca elevação espiritual, tem caráter humano e amoroso. Pode, no entanto, pender mais para um lado do que para o outro. São pessoas intuitivas, com sensibilidade desenvolvida e múltiplas habilidades, mas é preciso ter cuidado com o nervosismo, os vícios e a violência.

22

O número 22 rege pessoas de espiritualidade elevada mas que tem dificuldade em lidar com os assuntos terrenos. São pessoas que gostam de transpor barreiras, se você disser a ele que algo é impossível, ele vai tentar, batalhar até conseguir te provar o contrário. São pessoas muito sábias, que acumulam conhecimentos e experiências de vidas passadas, por isso são considerados por muitos como gênios incompreendidos, apesar de terem muita facilidade em ensinar. Mas o seu lado terreno é desgovernado, é preciso ter atenção à imprudência, à ganância, à corrupção e ao uso da sua espiritualidade para fins negativos, que causem mal aos outros ou a si mesmo.