Vila Lage não terá mais Degase

Vereador Marco Rodrigues promoveu audiênciaVereador Marco Rodrigues promoveu audiência

Depois de muitos protestos, reclamações e de uma audiência pública realizada no último mês pelo vereador Marco Rodrigues, moradores do bairro Vila Lage e região saíram vitoriosos: representante do Degase (Departamento Geral de Ações Socioeducativas), Marcus Vinícius Poubel, anunciou que o Estado não construíra mais a unidade em São Gonçalo. O local iria funcionar como abrigo de crianças e adolescentes infratores.

“Estou satisfeito, pois o objetivo maior desta audiência pública foi atendido, que é a não instalação do Degase no bairro do Vila Lage. Fui procurado pela população local com o objetivo de interceder junto ao poder público em todas as esferas para que isso não acontecesse, tendo em vista que o bairro não suportaria a implantação da unidade”, disse Marco Rodrigues.

Os moradores da região estiveram presentes e puderam demonstrar preocupação com a possível construção do Degase. A funcionária pública Liliam Marins, 60 anos, afirma que estava apreensiva em preservar a segurança de sua família e, agora, está feliz com a notícia.

“Não sou contra a ressocialização desses adolescentes, porém, acredito que deve ser instalado em uma localidade menos populosa da cidade. Estamos aqui em maioria mulheres. Como mães, temos que preservar a nossa família, filhos e netos”, afirmou.

A cidade de São Gonçalo já possui uma unidade que abriga crianças e adolescentes infratores, localizada no bairro Estrela do Norte.

#POLÍTICA