Search
  • Nuno de Santos Loureiro

Pepe Brix fotógrafo pescador

 

A Bolsa ESTAÇÃO IMAGEM 2017 Viana do Castelo revelou muito recentemente a fotografia de Leonel de Castro sobre pescadores minhotos. Há um outro nome, o de PEPE BRIX, nascido em 1984 na pequena ilha de Santa Maria, situada num dos cantos dos Açores, que se impõe destacar na actual fotografia documental portuguesa focada na vida dos homens do mar.

 

Eventualmente é a raiz açoriana que faz com que Pepe Brix tenha uma atracção evidente pelo universo piscatório e, especialmente, pelo mais aventuroso e exigente. Certo é que em 2014 embarcou no 'Joana Princesa', rumando aos mares bravios da Terra Nova, e em 2015 publicou em livro uma obra maior intitulada OS ÚLTIMOS HERÓIS. Em 2018 a reportagem fotográfica pode ser revisitada em exposições várias, do Porto aos Açores, passando por Lisboa, no Clube do Bacalhau.

 

No livro, editado pela matéria prima, juntam-se às magníficas imagens quatro óptimos textos de Paulo Ramalho, antropólogo igualmente açoriano: - Portugueses na Pesca do Bacalhau: seis décadas de mudança entre duas reportagens exemplares - O Bacalhau, Fiel Amigo do Homem - Sucessos e Atribulações da Frota Lusitana de Pesca Longínqua - Stocks Sustentáveis e Capturas Responsáveis.

 

A exposição fotográfica retoma o nome original da reportagem, inicialmente publicada na National Geographic Magazine portuguesa em Fevereiro de 2015: CÓDIGO POSTAL A2053N, numa alusão evidente à matrícula do 'Joana Princesa', arrastão português que durante três meses e meio acolheu o Observador de Pesca Pepe Brix. O incontestável perfil estético e documental das imagens é valorizado pela qualidade expositiva. Dimensões consideráveis, ausência de vidros para evitar reflexos parasitas, molduras sóbrias, legendas discretas. E a um canto da sala, as duas enormes e robustas caixas de transporte da exposição estão à altura de todos os acontecimentos...

 

Pepe Brix website aqui.

#PepeBrix #PauloRamalho #AlanVilliers #NationalGeographic

34 views