LOUIS FEUILLADE: O Diretor que Documentou o Fantástico nos Primórdios do Cinema

O prolífico Feuillade dirigiu centenas de curtas-metragens - estima-se que, no total, tenha produzido mais de 700 obras - que vão desde o conceito de film esthétique (reconstituições históricas, fantasias mitológicas e tragédias) até comédias.

Louis Feuillade nasceu em uma família de vinicultores na vila de Lunel, no sul da França, em 19 de fevereiro de 1873. Após uma carreira literária malsucedida, ingressou na indústria cinematográfica escrevendo roteiros para Alice Guy, então diretora artística da maior produtora francesa da época, a Gaumont Pictures. Assumiu o posto de Guy em 1907 e continuou na função até 1918, período em que produziu Os Vampiros, a série pela qual é mais conhecido atualmente.

Obteve sucesso considerável com a série Bébé (1910-1930), estrelada pelo ator mirim René Dary (foto abaixo), e seu filme em episódios La vie telle qu'elle est (A vida como ela é, 1911-1912) é uma combinação revolucionária de melodrama doméstico com tomadas em locação. A série Bébé foi seguida por 62 filmes da franquia Bout-de-Zan (1912-1916).

Feuillade firmou seu nome com séries policiais como Fantômas (1913-1914) - que muitos consideram ter estabelecido o formato para sua obra mais conhecida -, baseada nos romances best-sellers de Pierre Souvestre e Marcel Allain; Os Vampiros (realizado após uma breve passagem pelas trincheiras); e Judex.

Na época, seus filmes enfureceram os críticos, que os consideravam de mau gosto e antiquados se comparados, por exemplo, às obras de D. W. Griffith, vistas como "grande arte". Feuillade continuou explorando e trabalhando com diversos gêneros.

Louis Feuillade and Marcel Lévesque in La nouvelle mission de Judex (1917).

Seus últimos sucessos são mais duas séries policiais: Tin-Minh (1918) e Barrabás (1919). Ao morrer em 26 de fevereiro de 1925, na cidade francesa de Nice, Feuillade já havia caído no esquecimento, porém seus filmes continuaram a maravilhar os surrealistas - em parte, exatamente por sua má reputação e por serem considerados baixa cultura - e foram redescobertos por uma nova geração após a Segunda Guerra Mundial.

.

.

Fontes de Pesquisa: iMDB, Tudo Sobre Cinema/Phillip Kemp.

-

-

CURTAM, COMENTEM E COMPARTILHEM!!!

-

-

Sigam CULT COLLECTORS:

Site Oficial: www.cultcollectors.com

Facebook: https://goo.gl/H9tnAM

Instagram: https://goo.gl/gdQ4Ut

Twitter: https://goo.gl/xr7AyT

WhatsApp: http://whats.link/cultcollectors

-

-

CULT COLLECTORS

Ser Cult É Ser Colecionador!!!

6 views